Um reator com $200\ L$ de capacidade, possui uma mistura de dióxido de nitrogênio e  monóxido de carbono a $400\ K$, cujo comportamento pode ser considerado ideal. Os gases reagem entre si  para formar dióxido de carbono e monóxido de nitrogênio. A pressão total no reator é igual a $32{,}8\text{ atm}$ e,  no início da reação, a pressão parcial do monóxido de carbono é três vezes maior que a do dióxido de  nitrogênio. As massas iniciais de dióxido de nitrogênio e de monóxido de carbono são, respectivamente, 


img
ITA IIIT 14/01/2022 17:13
$-$ Segundo enunciado: \begin{matrix} P_{(CO)} = 3.P_{(NO_2)} \end{matrix} Além disso, \begin{matrix} P_{T} =P_{(CO)} + P_{(NO_2)} \\ \\ P_{T} = 4. P_{(NO_2)} \\ \\ \fbox{$ P_{(NO_2)} = 8,2 \ atm \\ P_{(CO)} \ \ = 24,6 \ atm $} \end{matrix} $-$ Utilizando a equação de estado do gás: \begin{matrix} P_{(NO_2)}.V = n_{(NO_2)}.R.T \\ \\ \fbox{$n_{(NO_2)} = 50 \ mol$} \\ \\ \\ P_{(CO)}.V = n_{(CO)}.R.T \\ \\ \fbox{$n_{(CO)} = 150 \ mol$} \end{matrix} $-$ Encontrando a massa de cada um: \begin{matrix} m_{(NO_2)} = \frac{46g}{1 \ mol} \ . \ 50 \ mol \\ \\ \fbox{$ m_{(NO_2)} = 2,3 \ kg$} \\ \\ m_{(CO)} = \frac{28g}{1 \ mol} \ . \ 150 \ mol \\ \\ \fbox{$ m_{(CO)} = 4,2 \ kg$} \\ \\ Letra (D) \end{matrix}
Modo de Edição
0 / 5000