Em um copo de $500\ ml$ são misturados $100\ ml$ de ácido clorídrico $1,00$ molar em $100\ ml$ de hidróxido de sódio $0,50$ molar. A solução resultante no copo é:


img
ITA IIIT 22/04/2022 18:57
$-$ A priori, deve-se ter conhecimento das duas reações de dissociação: \begin{matrix} HCl &\leftrightharpoons& H^+ + Cl^- &&,&& NaOH &\leftrightharpoons& Na^+ + OH^- \end{matrix}Repara que, em ambos os casos a razão estequiométrica é: $(1:1:1)$ , assim, a partir das concentrações do enunciado, pode-se encontrar o numero de mols de cada íon, veja: \begin{matrix} n_{(HCL)} = n_{(H^+)} = {\large{\frac{1 \ mol}{1000 \ ml} }} \ . \ 100ml &\therefore& n_{(H^+)} = 0,1 \ mol \\ \\ n_{(NaOH)} = n_{(OH^-)} = {\large{\frac{0,5 \ mol}{1000 \ ml} }} \ . \ 100ml &\therefore& n_{(OH^-)} = 0,05 \ mol \end{matrix} $-$ Em suma, iremos misturar esses mols de íons em uma solução com volume final de $200 \ ml$, os íons cloro e sódio não irão reagir, todavia, os cátions hidrogênio e a hidroxila irão, formar-se-a água. Nessa perspectiva, toda hidroxila será consumida, restando apenas metade dos mols de cátion hidrogênio do início. Por fim, a concentração desse íon será: \begin{matrix} C_{H^+} = {\large{\frac{0,05}{200 .10^{-3} \ L}}} = 0,25 \ mol/L \\ \\ Letra \ (D) \end{matrix}
Modo de Edição
0 / 5000