Uma partícula com carga e massa move-se ao longo de uma reta com velocidade constante numa região onde estão presentes um campo elétrico de e um campo de indução magnética de . Sabe-se que ambos os campos e a direção de movimento da partícula são mutuamente perpendiculares. A velocidade da partícula é:


img
ITA IIIT 21/03/2022 16:50
Com conhecimento que a direção do movimento, o campo magnético e o campo elétrico são perpendiculares entre si, tem-se que a única maneira da velocidade se manter constante é: a força magnética e elétrica devem ser perpendiculares ao movimento, sendo ambas opostas e iguais em módulo. O problema torna-se mais simples ao passo que se esboça, isto é, desenha-se três eixos coordenados, um estará o campo magnético, o outro o elétrico, e noutro a direção do movimento. Feito isso, segue o resultado abaixo: \begin{matrix} F_M = F_e &\Rightarrow& B q v = E q &\Rightarrow& v = 5,0 \cdot 10^3 \ \pu{m/s} & \tiny{\blacksquare} \end{matrix} \begin{matrix} Letra (D) \end{matrix}
img
Michel Sena
14:01 03/12/2022
Excelente, muito obrigado.
Modo de Edição
0 / 5000
ManualLaTeX