Qual das opções a seguir contém a afirmação falsa?


img
ITA IIIT 08/08/2022 03:53
$• \ \text{Alternativa (A):}$ $\color{orangered}{\text{Falsa}}$ O crômio é bastante conhecido por sua capacidade de formar diversos óxidos, sejam eles básicos, ácidos ou anfóteros. Nesse contexto, a análise da posição ácido-base pode ser feita a partir do estado de oxidação dos mesmo, vamos pensar num óxido adicionado à água - o hidróxido deste é formado. Com isso, a posição de acidez depende da velocidade relativa com a qual as ligações são rompidas na estrutura $\ce{Cr-O-H}$, as ligações em análise são:\begin{matrix} \text{(I):} \ \ \ce{Cr-O} &,& \text{(II):} \ \ \ce{O-H} \end{matrix}Repare nas ligações, caso $\text{(I)}$ se rompa mais rápido que $\text{(II)}$, teremos uma solução básica, pois apresentará maior concentração de hidroxilas. Analogamente, caso $\text{(II)}$ se rompa mais rápido que $\text{(I)}$, teremos uma solução ácida, pois apresentará maior concentração de hídrons. Ora, mas e o número de oxidação? Este nos ajuda a predizer a tendência das ligações, por exemplo, ao aumentar o NOX do crômio, ele atrai os elétrons do oxigênio de forma mais intensa, a polaridade da ligação diminui, o que acarreta a dificuldade em romper esta ligação, consequentemente, a solução tende a ficar mais ácida. Em suma, percebe-se que quanto maior o número de oxidação do crômio, mais ácido é o óxido, ou seja, para o caso em questão, $CrO^-_3$ é mais ácido. $• \ \text{Alternativa (B):}$ $\color{#3368b8}{\text{Verdadeira}}$ Para se obter cloreto de hidrogênio gasoso, pode-se juntar ácido sulfúrico concentrado com cloreto de sódio sólido, isto aquecendo levemente a mistura. A reação em questão seria:\begin{matrix} \ce{H_2SO_4_{(l)} + NaCl_{(s)} &\rightarrow& HCl_{(g)} + NaHSO_4_{(s)}} \end{matrix}Veja que o cloreto de sódio atua como um agente desidratante, enquanto que se o sistema for aberto, a reação é irreversível. $• \ \text{Alternativa (C):}$ $\color{#3368b8}{\text{Verdadeira}}$ Vidros são sólidos amorfos conhecidos pela sua composição que se constitui principalmente pela sílica (dióxido de silício). No caso, cal e soda, comumente, compõem o vidro. $• \ \text{Alternativa (D):}$ $\color{#3368b8}{\text{Verdadeira}}$ Superfosfatos são conhecidos por serem ótimos fertilizantes, em que no geral os obtêm no tratamento de rochas de fosfato com ácido sulfúrico. Atente que, uma destas rochas é o trifosfato de cálcio, normalmente, nomeado apenas como fosfato de cálcio. É interessante dizer que o ácido sulfúrico é um dos reagentes industriais mais importantes que existem, pode-se falar que "perde" apenas para água. Nesse viés, quase todas as coisas fabricadas na terra dependem de alguma forma dele, ou seja, em questões, é interessante assumir processos com ele como verossímeis quando estiver em dúvida. $• \ \text{Alternativa (E):}$ $\color{#3368b8}{\text{Verdadeira}}$ A coloração de óxidos metálicos depende principalmente da natureza dos íons metálicos, estado de oxidação, orbitais de valência e afins. Nesse viés, óxidos de metais alcalinos majoritariamente apresentam valência em orbitais $s$, estes que comumente são simétricos e possuem níveis próximos ou iguais de energia. E o que isso tem a ver? Simplesmente tudo, já que os elétrons correspondentes comumente absorvem apenas frequências no ultravioleta ou infravermelho, o que não altera o espectro visível - se reflete todos os outros tipos de radiação por isso vemos o branco. Por outro lado, para metais de transição se apresenta - normalmente - valência em orbitais $d$, estes que não são simétricos e se tornam não-dejenerados (constituem diferentes níveis de energia). No caso, esta diferença de energia corresponde à energia de radiação do espectro de luz visível, ou seja, quando olhamos para o composto, não vemos todo o espectro de luz visível, mas apenas uma parte dele - o que implica na coloração. ‎\begin{matrix}Letra \ (A) \end{matrix}
img
Guilherme Nathan
15:34 04/09/2023
na explicação e dito "quanto maior o número de oxidação do crômio, mais ácido é o óxido" isso vale pra qualquer oxido ?
Modo de Edição
0 / 5000
ManualLaTeX