Q13 Física  (ITA 1995)

A figura abaixo mostra um tubo cilíndrico com secção transversal constante de área $S = 1,0\cdot10^{-2} m^2$ aberto nas duas extremidades para a atmosfera cuja pressão é $P_a = 1,0\cdot10^5 Pa$. Uma certa quantidade de gás ideal está aprisionada entre dois pistões $A$ e $B$ que se movem sem atrito. A massa do pistão $A$ é desprezível e a do pistão $B$ é $M$. O pistão $B$ está apoiado numa mola de constante elástica $K = 2,5 \cdot 10^3 N/m$ e a aceleração da gravidade $g = 10 \ m/s^2$ . Inicialmente, a distância de equilíbrio entre os pistões é de $0,50\ m$. Uma massa de $25\ kg$ é colocada vagarosamente sobre A, mantendo-se constante a temperatura. O deslocamento do pistão $A$ para baixo, até a nova posição de equilíbrio, será: