Q5 Física  (ITA 1995)

Um avião voa numa altitude e velocidade de módulo constantes, numa trajetória circular de raio $R$, cujo centro coincide com o pico de uma montanha onde está instalado um canhão. A velocidade tangencial do avião é de $200\ m/s$ e a componente horizontal da velocidade da bala do canhão é de $800\ m/s$. Desprezando-se os efeitos de atrito e movimento da Terra e admitindo que o canhão está direcionado de forma a compensar o efeito da atração gravitacional, para atingir o avião, no instante do disparo o canhão deverá estar apontando para um ponto à frente do mesmo situado a: